Hall de Escadas

Além da funcionalidade já conhecida, as escadas podem ter efeito escultórico e desdobrar-se em peças de apoio... Projetos revelam escalões flutuantes, estruturas que criam mesa de jantar ou estante para livros e outros recursos de destaque. Confira em nossa seleção de halls e escadarias que se propõem a ser muito mais que um mero aparato para escalar andares. Aproveitem!

Além do "sobe e desce"
Transforme seu Hall da Escada - beleza é fundamental!

Não interessa se é caracol, rolante ou fixa ? Para a Contemporânea e para a Decoração, a escada vai além do aspecto funcional de acessar andares. Ela é um dos ambientes que mais merece destaque, pois a experiência de passar de um andar para o outro pode ser ainda mais agradável com um belo e aconchegante Hall decorado...


O espaço sob a escada de limestone, criada pela arquiteta Debora Aguiar, recebeu um espelho-d’água. Para aumentar a sensação de amplitude no hall pertencente a esta casa, em São Paulo, parte das paredes abaixo da escada é forrada de espelhos!!! O elaborado projeto de iluminação faz uso de balizadores para destacar os degraus e fita de LED no degrau que circunda o espelho. Já a escultura Onça Bebendo Água, de Leopoldo Martins. Um luxo!



Ao desenhar esta escada para a cobertura em Recife, PE, as arquitetas Marcia Nejaim e Suzana Azevedo, foram além. Conceberam uma peça escultórica em que degraus de dois tamanhos ficam sobrepostos uns aos outros, criando um elemento arquitetônico que promove movimento visual no living. Mas a proposta não para aí: a estrutura de mármore branco com corrimão de aço,também apóia itens de decoração, como o vaso. . A iluminação é outro destaque no projeto. Foi pensada não só para evidenciar os degraus, mas também a obra de arte ao fundo!



O arquiteto carioca Chicô Gouvea é leitor voraz. Adora livros e sempre faz novas aquisições, tanto que nem sabe quantos volumes possui. Mas são muitos. De tantos, ele teve de aproveitar o espelho dos degraus da escada de sua casa, no Rio de Janeiro, para guardar alguns exemplares. A peça tem estrutura de ferro, e os degraus são revestidos de placas metálicas de piso de ônibus, criando um visual contrastante com as obras de arte distribuídas pelo entorno.



A partir do segundo degrau foi criada uma bancada de mármore Nero Marquina que se transforma em mesa de jantar – junto a ela, há uma peça de concreto que apoia o bar. O resultado é um instigante conjunto que traz leveza e elegância à área social, sensação reforçada pelo corrimão de ferro curvo pintado com tinta esmalte preta.


A ambientação moderna explorou a predominância do branco para figurar como cor de base. Assim, os espaços receberam peças de design e obras de arte com uma vultuosa escultura. A peça foi posicionada próximo à escada. Justamente por isso, o arquiteto Roberto Migotto projetou uma escada neutra, com guarda-corpo de vidro e inteiramente revestida da mármore branco. A leveza visual resultante dessa composição tem um quê de galeria de arte!


A parede de pedra aquece o local deixando o ambiente mais natural, repare que o primeiro degrau é de madeira e se estende como se fosse um banco para futuras recepções. O jardim de inverno começa em baixo do vão da escada que flutua no ambiente...Adoramos!


Até a próxima!